quarta-feira, 16 de março de 2011

DEPRÊ



por Fabiano Silva


Ah...

Hoje acordei sem ânimo

Sem vontade de levantar da cama

Sem vontade de trabalhar

Sem vontade de viver.



Ah...

Hoje meu dia tava cinzento

Estava sem luz

Sem vida

Sem alegria.



Ah...

Hoje as horas demoraram a passar

O relógio estava de mal comigo

A noite demorou a para chegar.



Ah...

A cama teve espinhos

O sono não veio

E a noite parecia não ter mais fim.



Ah...

O que eu tenho?

Acho que essa não é a pergunta certa

A pergunta correta é:

Quem eu não tenho mais?





Patrocínio MG. Dezembro de 2010.

3 comentários:

ty zé disse...

mto lindo o poema....

quem eu nao tenho mais !!!

parabens amigo

Anônimo disse...

BOM, NÃO SEI SE É BOM OU RUIM O POEMA!!! MAS ESPERO QUE NÃO ESTEJA ACONTECENDO ISSO COM VOCÊ.
ABRAÇOS FABIANO, SAUDADES DE VOCÊ!

Monica Limeira disse...

Nooossa ...me sentindo exatamente assim ultimamente...amei... e segui...Abraço!!!
http://blogturmadalim.blogspot.com/